sexta-feira, 27 de junho de 2008

PRAIA DO VIZIR


Óleo sobre tela à espátula de Ana de Oliveira



Memórias de sol e sal.

O sabor salgado na pele dourada, os olhos matizados pelo poente, os cabelos revoltos pela brisa do fim da tarde a cair na areia branca de espuma...
Memórias de mãos e bocas.
Dedos a desejar-se entrelaçados, lábios molhados a querer-se saboreados...
Apelo de corpos encharcados de luz
Anelo de corações que se espreitam surpreendidos
Memórias revisitadas a saborear o presente!

1 comentário:

Ana disse...

Memórias as boas é bom guardá-las