quinta-feira, 10 de julho de 2008

A OBRA...


O artista sente...pensa o sentimento...e deixa que as emoções à flor da pele saltem de si para a tela...a peça de cerâmica... a pauta de musica... o rascunho de um livro...
Depois o artista sofre...duvida...contempla e pensa: feito mas não perfeito!
E recomeça a busca da forma que melhor traduza o que sente, pra lá do bom que já não chega para contar a história das sensações renovadas.
É quase sempre assim, o primeiro momento do: consegui, seguido da insatisfação do: não era bem isto!
Por isso se fazem e refazem mil vezes os mesmos gestos, se pára no mesmo ponto indefinido de nós à procura da resposta que sabemos se esconde entre o pensamento e o acto de criar.

4 comentários:

Me Hate disse...

Por incrivel que pareça... estava mesmo a pensar no que escreveste quando olhei para o quadro, contudo, não podia ter ficado melhor certo? Foi vendido! Com muito esforço mas...

Benó disse...

Fiquei a conhecer mais um pouco da porcelana de Meissen e mais uma obra da L.Abraços. Obgda. por isso e também à artista qu está a observar a sua tela.
Continuem a oferecer-nos beleza visual.
Uma boa semana.

Carpe Diem disse...

Antes de mais os meus parabens Ana por este espaço que se parece, cada vez mais, com a pessoa interessante que é.

Por outro lado, n podia deixar de comentar este texto pq a obra na foto acabou por chegar a quem lhe dá valor e a entende e isso tb e importante na arte.

Beijos
Nuno.

Ana Oliveira disse...

Obrigada...
Tento que tudo o que faço seja o mais possível "eu"
Quanto à obra ainda bem que está com quem realmente a aprecia, o que é o caso.
Beijo
Ana