sexta-feira, 26 de dezembro de 2008

EXPO 19 DETALHE VI


Africa, a saudade.
O Tejo e o Douro o presente.

8 comentários:

MARINAEBRUNARTES disse...

TAMBEM SINTO A FALTA DO CHEIRO DA AFRICA!
PARABENS POIS TEM UM BLOG ENGRAÇADO

Ana Oliveira disse...

Marinaebrunartes

Quem sentiu ficou com saudades para sempre!
Obrigada pela vista.

Carla disse...

Este tipo de evento puxa sempre um pouco ao sentimento pelo menos no que me diz respeito e especialmente depois de estar a voltar do aeroporto onde fui deixar uma das minhas irmas que foi para moçambique passar o fim de ano com a outra mana que vive lá e eu que não consegui ir.....buaaaaa, não á coração que aguente. Um beijão

pensamentosametro disse...

Ai Ana, África. Não nasci me África, tive a sorte de viajar apra Moçambique pela primeira vez aos 8 anos e depois voltei, voltei, voltei...até que não foi possível voltar mais. Tenho uma saudade do tamanho do mundo.

Bjos


Tita

Ana Oliveira disse...

Carla

Esta é mesmo a época das saudades...boas!
Quem sabe em breve vais tu fazer uma visitinha!
Aguenta coração! Que a vida é feita destas coisas e por cá também tens, certamente, muitos motivos de felicidade.

Beijo grande

Ana

Ana Oliveira disse...

Ai Tita, Africa...
Não nasci em Angola, fui com 7 anos, vim e não mais voltei.
Mas lembro os cheiros, os sons, os sabores...os horizontes, como se fossem de ontem.
Tenho uma saudade na alma, que nem indo podia matar.

Beijos

Ana

marinaebrunaartes disse...

É LINDO LER ESTAS PALAVRAS SOBRE AFRICA!DEIXA-ME AINDA COM MAIS SAUDADES.
OS MEUS PAIS TB FALAM ASSIM E DIZEM QUE NÃO Á TERRA IGUAL AO QUE FOI AFRICA AQUI Á UNS 36 ANOS ATRAS.AI,GOSTAVA TANTO DE SENTIR TUDO ISSO NA PELE.
BJS E UM BOM ANO 2009.

Ana Oliveira disse...

Marinaebrunaartes

Só quem sentiu...ou ouviu as saudades de quem sentiu, sabe o que a palavra África evoca!

Bom Ano de 2009 e obrigada pela visita.

Beijos

Ana