domingo, 18 de janeiro de 2009

AINDA NÃO MAS FALTA POUCO


Se a chuva não passa...
Se o frio não abranda...
Se eu não tomo juizo...
Ainda me vão ver passear nesta coisinha...
Prometo aqui, solenemente:
não carregar pesos, não ficar sentada toda torcida,
mudar de posição a intervalos regulares, como recomendado pelo medico.
E, aqui para nós que ninguém nos ouve, lembrar-me todos os dias que há 8 kilos atrás não me doia nada!!!
Foto Google

18 comentários:

Paula Raposo disse...

É realmente preciso ter cuidado e nós desleixamo-nos muitas vezes com a nossa saúde. Toma conta de ti. Beijinhos.

2007friend disse...

HÁ HÁ, NÃO TE QUERO EM CADEIRA DE RODAS...Pois cuidade com as más posiçoes, e logo que deixe de chover umas voltinhas a pé...
Bjs

Patty disse...

ola querida,tenho um miminho para ti no meu blog,da uma passagem por la!!

:-)))

um grande bjinho

pensamentosametro disse...

Ai Ana juízo se faz favor que ainda não perdi a esperança de te fazer rir com a minha falta de talento.

AS melhoras, beijo grande.


Tita

Ana Oliveira disse...

Paula

Pois, facilitamos de mais e depois ficamos assim!
Já estou a tomar o cuidado que não tive.
Obrigada

Beijos

Ana

Fatima disse...

Oh Ana parece que temos de falar muito a sério sobre este assunto!

A cadeira é toda xpto...

Ana Oliveira disse...

Friend

Acreditas que isto resultou de ter o portátil, no atelier, do lado direito em vez de no lado esquerdo da minha mesa! E foram duas semanas, prá frente para pintar, prá esquerda para ver livros e falar com as meninas e prá direita para o pc...não há artrose que aguente.
E andar até que me faz bem. Assim que deixe de chover, o passeio marítimo está mesmo a pedir.
E vai passar, senão como é que fazemos as nossas incursões Marianas??!!

Beijos

Ana Oliveira disse...

Patty

Obrigada.
Passo lá para apanhar.

Beijos

Ana

Ana Oliveira disse...

Tita

Não temas, ainda havemos de rir muito, quando descobrirmos os teus talentos escondidos e, se Deus me deu mãos para pintar, é o que farei, mesmo que o resto esteja estragado.

Já conheço isto e sei que com alguns cuidados vai passar, até lá haja paciência, que dor de osso não mata ninguém.

Obrigada

Beijos

Ana

Ana Oliveira disse...

Fatima

Tem razão, em termos de saúde eu não levo nada a sério mesmo!! É o basico, o elementar e mais nada.
Mesmo assim há coisas com as quais aprendi a lidar, este é o caso, tanto que já há 7 anos que não tinha nada disto...agora distraí-me e pronto!
Mas a cadeira realmente é toda modernaça!

Beijos

Ana

kris disse...

oh Ana

mas que raio te aconteceu? vê lá se segues as recomendações do médico à risca. Cuida de ti..com a saúde não se brinca.

beijo...e melhoras...e cuidado também

NAFTAMOR disse...

Bom dia!!!

A cadeira até que é toda nice, agora eu não posso empurrar por causa das costas e assim como assim ainda gostava de apreciar antes de isto acontecer; porque isto é assim 8 Kg tb cá cantam, dores idem e quanto á chuva e frio não somos nós a controlar.

Um beijo

Ana Oliveira disse...

Kris

Isto é ciclico, tem a ver com o tempo e com falta de cuidado e com coisas que não podemos controlar...como ter de pegar em coisas pesadas, etc.
Vai passar...é só muito frustante não poder fazer tudo sem limitações.

Não te preocupes...acaba por melhorar.

Beijos

Ana

Ana Oliveira disse...

Naft

Bom, a cadeira foi uma força de expressão...~Espero não precisar de uma em termos definitivos, nunca.
Assim sendo não terás de empurrar!!
Pois, parece que os kilos nos encontram ao virar da esquina e depois instalam-se para ficar!!
Quanto ao frio e chuva não podemos hibernar até vir o sol!!
Um dia ainda havemos de apreciar mutuamente antes de completamente estropiadas, boa?

Beijos

Ana

Anónimo disse...

Cadeira jeitosa. Bem artilhada. E adptada para a calçada portuguesa. Que quereis mais senhora????

najla disse...

Entao, as melhoras rápidas!
Está um desafio no blog.
Beijinhos

Ana Oliveira disse...

Anonimo

Gira a piada.
A senhora, agora só quer alguém, como a cadeira, para empurrar a dita!!

Ana Oliveira disse...

Najla

Obrigada.

Lá vou po desafio.

Beijos

Ana