quarta-feira, 7 de maio de 2008

ROSAS

Fragmento de uma peça de Ana Oliveira e Costa
Busca-se a inspiração...espera-se...mil ideias vêm à mente...tanta beleza nos passa pelos olhos...
Por fim, incapazes de decidir, tentamos o melhor que podemos, sabendo que nada chegará à perfeição da natureza, nada nos consolará pelo pouco que conseguimos.
Nestas horas de indecisão, a angustia de ir mais além do que as nossas mãos permitem, às vezes funciona como lição de humildade...Que bom seria fazer bem...Que bom seria fazer melhor!
Os pincéis, nos dedos incertos, instrumentos imperfeitos...
Nascem traços, cores e sombras...às vezes o espanto...às vezes o desencanto...
Mas tentámos!
Mas fizemos!

2 comentários:

Me Hate disse...

Sabes bem que fazes coisas muito mais belas... Contudo, por vezes o P... também é necessário... nem que seja para o jantarovsky de hoje! ;)

Ana Oliveira disse...

Pois...pois...
Eu a querer ser um cristal Svarovski (???)... e tu a pensar em comidinhas! que também são boas e quando são perfeitas...Viva o "mestre cuca"...:)