terça-feira, 12 de maio de 2009

CAVALO MARINHO


Se eu fosse um animal, parece-me que gostava de ser um cavalo marinho.
Viver em águas tépidas num jardim de algas, nadar sem pressa, balançar suavemente com a corrente.
Espectadores da agitação da vida que os rodeia sem perder a compostura.
Imagem de serenidade e contemplação.
Fotos Google, fotomontagem Ana Oliveira

8 comentários:

simplesmenteeu disse...

Tens razão! Belo cenário! Um jardim de algas e a caricia tépida das águas...
A serena contemplação, de um mundo de sonho...

Beijos

Ana Oliveira disse...

Simplesmenteeu

Adoro estes animaizinhos e agrada-me principalmente o seu ar comtemplativo.

Beijos

Ana

Baby disse...

Quem não gostaria de um viver assim?
Balançar suavemente com a corrente...
Nunca perder a compostura!
E já agora, com a arte sempre por perto...

Beijinhos.

kris disse...

Parece-me bem...animais de paz..serenidade :)

beijo

PS: hoje disseram-me que se fosse um animal, seria um gato..e claro que me deram as razões para tal afirmação......

Maria Clarinda disse...

E eu um golfinho , embora não me importasse nada de ser Cavalo Marinho também!!!!
Jhs mil

Ana Oliveira disse...

Baby

Parecem-me "Os lirios do campo"...
E eu sou mais para estar parada a pensar do que para me agitar muito...

Beijos

Ana

Ana Oliveira disse...

Kris

Pois serenidade (com o seu tanto de preguiça) é mesmo a minha onda...
Tu, gato, também me parece muito adequado...

Beijos

Ana

Ana Oliveira disse...

Maria Clarinda

Golfinhos são muito especiais...não me sinto capaz de tanto, já cavalo marinho sou toda eu (excepto na forma graciosa como se movem :))

Um beijo

Ana