sábado, 11 de julho de 2009

DUNAS

Óleo sobre tela de Helena Costa.


No oásis por crescer as tamareiras pingam sombra
E a lua afoga o brilho no poço por abrir.
Entre o céu e o deserto uma miragem treme
A riscar as tempestades por nascer.
Foto Raija Durão

11 comentários:

Baby disse...

A arte nas palavras, a arte no sentir, a arte sempre perto!

É sempre um prazer ler-te.

Beijo.

najla disse...

Lindo quadro. Quase nos faz sentir aquela aragem quente......muito realista!

Anónimo disse...

Entre o céu e o deserto uma miragem treme, a lembrar a paixão que se incendeia.

__000000___00000
_00000000_0000000
_0000000000000000
__00000000000000
____00000000000
_______00000
_________0
________*__000000___00000
_______*__00000000_0000000
______*___0000000000000000
______*____00000000000000
_______*_____00000000000
________*_______00000
_________*________0

Um Beijo
NAFT

2007friend disse...

Lindo, que belos tons ,parabens á aluna e a professora, estas cores fazem-me sonhar numas fériasssss

isabel mendes ferreira disse...

o.brigada.


:)



beijo.

Ana Oliveira disse...

Baby

Obrigada.
A arte da cor e da palavra...quem dera alcanca-la!

Beijos

Ana

Ana Oliveira disse...

Najla

Pois pintar eh isso, fazer sentir ou transmitir uma sensacao que se sentiu.

Beijos

Ana

Ana Oliveira disse...

Naft

Gostei da imagem!!

:)

Beijos

Ana

Ana Oliveira disse...

Friend e como precisamos de ferias...

Beijos

Ana

Ana Oliveira disse...

Isabel

Agradeco eu o prazer e o sabor das palavras partilhadas.

Um beijo

Ana

© Piedade Araújo Sol disse...

gostei da tela e da quadra que a acompanha.

um beij