sexta-feira, 19 de fevereiro de 2010

BALOIÇO


:
:
Balanço na luz
entre o vento da lua
e o riso de criança
petrificado nos lábios
incrédulos
:
Dança pendular
a calar o punho erguido
e a semear margaridas
no lodo perfumado
do destino
:
Fotomontagem Ana Oliveira e Costa

6 comentários:

© Piedade Araújo Sol disse...

Ana

também acho!

que lindo!

beijo

bom fim de semana!

Maria disse...

E a poesia aqui ao lado, pronta a ser bebida...

Tão bonito!

Beijo

Baby disse...

Que o vento luminoso da lua te baloice docemente e te cubra o regaço com pétalas de margaridas.

Beijinhos.

KrystalDiVerso disse...

hà estados de Alma assim!... Dois tempos distantes, duas opções fora do alcance, duas memórias numa só memória continua baloiçando no pequeno trapézio suspenso naquele coraçãozito de criança. Sempre num ritmo inalterável do Destino! De um outro Destino, de um segundo tempo, de uma segunda vida... sempre admirável!


Escolham entre... beijos e abraços

Pedrasnuas disse...

UM RISO DE CRIANÇA...UM PARAÍSO ENCANTADO...MUITAS MARGARIDAS SEM MÁCULA DE PECADO...TÃO DOCES E TÃO VIVAS,DEIXEM-NAS SER CRIANÇAS E FELIZES

BEIJINHO

Graça Pires disse...

"semear margaridas no lodo perfumado do destino" Que imagem fantástica!
Beijos.