sexta-feira, 21 de maio de 2010

SÓIS

:
:

:
:
Pequenos sóis dos caminhos.
Amanhecem molhados pela frescura das manhãs.
Adormecem serenamente na quentura das tardes.
Sonham asas verdes à luz das estrelas.
De tão pequenos enchem-nos os olhos de luz que não magoa
E deixam na alma a cor das espigas e da fruta madura.
:
:
Foto Ana Oliveira

4 comentários:

maré disse...

telas de beleza sob os poentes

haverá colheitas de sol
quando o orvalho as acordar para um renascer da alma?

___ a ternura de um beijo Ana

Mar Arável disse...

Um dia seremos

crianças

Me Hate disse...

O Piratã e moi même tivemos bom gosto... e agora marchavam eram uns cogumelos! ;)

Graça Pires disse...

É pintura. É magia. É beleza.
Um beijo.