sexta-feira, 16 de julho de 2010

RENDA...

:
:



:
:
:
:
Renda de rosas
:
:


Todas as rosas por florir estão, em semente, nas rosas que o tempo desmancha, o vento espalha e a terra engole.
Como tudo o que temos para sentir está, gravado a fogo, no que já olhámos, no que já dissemos, no que já perdemos.
No infinitamente grande como no infinitamente pequeno tudo e sempre se repete.
Sementes de sentimentos, afectos de flor, raízes de riso, pétalas de pranto.
Renda com que tecemos a gaze ténue que aconchega a carne viva e  vela a pálida imagem da felicidade. 
:
:


:
:
:

Foto e impertinência Ana Oliveira
:
:

17 comentários:

AC disse...

Neste caso são as palavras a fazer de aconchego, enquanto rebuscam as linhas que possam levar à felicidade…

© Piedade Araújo Sol disse...

ao ler e ver as rosas, quase que senti o aroma delas.

bom fim de semana.

beij

Gizelda disse...

Andei passeando por aqui e gostei muito do que vi.

Lindas imagens e textos sensíveis.

parabéns!

Quero voltar.

Pedrasnuas disse...

EU LI MAS O MEU OLHAR PRENDEU-SE À FOTOGRAFIA,AO TRABALHO MAGNÍFICO....E A TUDO O QUE TENHO ANDADO A PERDER...MAS HOJE FIQUEI DELICIADA NISTO TUDO...

MUITOS PARABÉNS E BEM MERECIDOS!!!

BEIJINHOS

Ana Oliveira disse...

AC

As palavras, sempre as palavras, a bailar-me por dentro como mariposas doentes de sol... e como gostava de saber usá-las bem!

Um beijo

Ana Oliveira disse...

Piedade

Bom saber que que algo tão simples pode deixar um rasto de perfume.

Obrigada

Um beijo

Ana Oliveira disse...

Gizelda

Obrigada pela visita e pelo apreço.
Já visitei o seu espaço e deixei o meu comentário dizendo como gostei.

Volte sempre

Beijos

Ana Oliveira disse...

Pedrasnuas

Obrigada mais uma vez, que bom que gostaste da visita.

No entanto devo dizer que as técnicas de hoje nos permitem fazer pequenos "milagres" apenas com paciência e tempo.
(confesso que gosto muito deste desmontar da realidade!)

Beijo

Benó disse...

Visitei, aspirei o perfume das rosas, saboreei as palavras. Obrigada pela ogerta.

uminuto disse...

lindo este rendilhado de sentires, onde a felicidade ganha formas
um beijo

AFRICA EM POESIA disse...

Ana


Senti saudades

um beijinho GRANE E boa semana...

Ana Oliveira disse...

Benó

Eu é que agradeço a visita.

Um beijo

Ana Oliveira disse...

Uminuto

São rendas que tecemos quando o coração apaziguado se rende.

Um beijo

Ana Oliveira disse...

Africa

Obrigada.

Boa semana e um

Beijo

Isaura disse...

Olá Ana,
Obrigado pela visita, eu também não tenho feito visitas, mas porque não tenho tido grande alento, a minha mãe faleceu à mês e meio e então a vontade tem sido muito pouca, mas vamos indo.
Bjs.
Isaura

Ana Oliveira disse...

Benó

Lamento o falecimento de sua mãe.
Desejo que possa ultrapassar este mau momento e que encontre paz e conforto nas memórias que guarda.

Um beijo

Sandrio cândido. disse...

rosas, a flor que me persegue e que me acaricia, a flor que é vida e que é alma.