quinta-feira, 24 de setembro de 2009

:


Tela de Lena Costa

:

Sou de lugar nenhum.

Nasci seixo em rio sem margens

Tenho o céu por contorno.

A minha raíz é a sombra

Do sonho que me embalou.

:

:

Foto de Raija Durão

16 comentários:

Liliana disse...

Muito bonito, Ana! Como sempre, apresenta aqui uma linda combinação de imagem e palavras. Parabéns!
Beijinho

Paula Raposo disse...

Gosto muito das cores da tela e as palavras adequam-se. Muitos beijos.

Graça Pires disse...

Ser seixo e sombra da raiz. Muito belo! A pintura também é muito bonita. Um beijo.

Henrique ANTUNES FERREIRA disse...

Aninhas
Excelente texto e belíssima tela. Pena que uma afirmação seja falsa como Judas... És de imensos lugares, és do Mundo. A ver: pelo menos és da Minha Travessa... Gostei. Muito.

Qjs

PS - Continuo a tentar o que sabes. Lá para 2079 conto chegar ao alvo... Berá-se, cumo diz o ceguinho.

Baby disse...

Os teus dons são ilimitados...és uma mulher abençoada!
E quando se perde um amor, perde-se tudo, diga o Fernando Pessoa o que disser, mas a vida tem que continuar e tu que pintas tão bem, porque não criar outro ainda mais belo?

Beijinhos.

Mar Arável disse...

Gostei das palavras pintadas

Nádia Pinto disse...

Olá querida Ana
como sempre lindos trabalhos e palavras que os acompanham.
Beijinhos
Nádia

Isabel disse...

Ana:







:_______________obrigada.

(beijo)

(piano)

Ana Oliveira disse...

Liliana

A tela é de uma aluna que escolheu e pintou!

As palavras são as que saem de vez em quando.

Obrigada

Ana

Ana Oliveira disse...

Paula

Obrigada pelas duas.

Um beijo

Ana

Ana Oliveira disse...

Graça

Um elogio que vou guardar no coração...junto com as palavras que ainda não sei dizer.

Um beijo

Ana

Ana Oliveira disse...

D. Henrique

Obrigada.

Quanto ao resto beremos...eu seja "ceguinha"!

Beijos

Ana

Ana Oliveira disse...

Baby

A vida é assim mesmo e nem sempre o que sentimos tem a ver com a perda do amor...mas com o encontro connosco próprias...e isso ninguém nos pode dar!

Pintarei de todas as cores, todos os sentimentos, e pintá-los-ei com palavras se para mais me faltar a inspiração.

Beijos

Ana

Ana Oliveira disse...

Mar Arável

Obrigada.

Um beijo

Ana

Ana Oliveira disse...

Nadia

Obrigada.

Embora a tela não seja minha, mas de uma aluna...ela gostou de a pintar e eu gostei de a olhar sobre as minhas palavras.

Beijos

Ana

Ana Oliveira disse...

Isabel


Por todas as palavras em que te vou encontrando e me alimentam como frutos maduros de espanto...

Um beijo

Ana