sábado, 6 de fevereiro de 2010

ROSA...

:
:
"Pois é. Eu achava, pobre de mim, que era poetisa. Ainda não sabia que estava só a tirar apontamentos para o que havia de fazer mais tarde. A ganhar intimidade, cumplicidade com as palavras."
:

:
Imaginação
:
A imaginação é magia e é arte
que nos faz inventar, sonhar e viajar.
Com imaginação podemos ir a Marte
ou ao centro da Terra, ou ao fundo do mar.
Com imaginação nunca estamos sozinhos.
A imaginação é um voo, um lugar
onde temos amigos, onde há outros caminhos
nos quais, sem te mexeres, podes ir passear.
Inventa uma cantiga, um poema, um desenho
um arco-íris, um rio por entre malmequeres;
esse lugar é teu, sem limite ou tamanho.
A esse teu lugar, só vai quem tu quiseres.
:
Rosa Lobato Faria - Autobiografia e poema.
:
Impertinência Ana Oliveira e Costa

9 comentários:

Multiolhares disse...

Bonita a tua homenagem a uma mulher linda, linda por dentro onde as palavras escritas e faladas, vestiam a mulher que era e que será para sempre quem a amou jamais esquecerá e a sua obra ficara para a termos junto de nós
beijinhos

Carla disse...

Lindo e real, amei de paixão. beijão e um bom fim de semana

Isaura disse...

Olá Ana, já à algum tempo que não passava por aqui, este poema é lindo, adorei.
Beijinhos
Isaura

Ana Oliveira disse...

Multiolhares

Tens razão...e no entanto a sua escrita passou despercebida para tantos!!!

Beijos

Ana

Ana Oliveira disse...

Carla

Obrigada.

Bom Domingo.

Beijos

Ana

Ana Oliveira disse...

Isaura

Obrigada pela visita.

O poema é tanto de nós!

Beijos

Ana

Chris disse...

Uma homenagem cheia de encanto.
obrigada pelas tuas palavras no meu recanto.
Um semana cheia de Luz...
Um beijo
Chris

Me Hate disse...

Não era das minhas autoras favoritas, continua sem o ser. Tinha contudo, uma qualidade que poucos de nós temos: versatilidade! Intex. ;)

silvia_words disse...

A vida seria cinzenta se a imaginação não a colori-se ^^